A lei do Pêndulo em nossa existência


A Vida tem seus movimentos e nós, através deles, vamos nos reconhecendo.
Nossas reações,escolhas e percepções, diante desses movimentos, produz experimentação e vivências na Vida que somos.
Têm situações que nos sentimos despreparados para lidar, mas ao enfrentá-las, saímos mais fortes e esclarecidos. 
Encarar e assumir nossas fragilidades e dificuldades é uma forma de superá-las e sublimá-las.
A existência é constituída de opostos e quando nos equilibramos, entre eles, podemos tirar muito discernimento e desenvolver a lucidez.
Nos momentos de sucesso e alegrias, logicamente, devemos aproveitar, mas, sabendo que os movimentos da vida são pendulares:
As ondas do mar vem e vão;
A Lua tem suas fases;
As estações mudam;
A idade chega;
As civilizações têm seu apogeu e declínio;
Nascemos e morremos.
Existem os altos e baixos da existência;
Cada planeta segue sua órbita,e, assim,por diante.
Querer que as coisas não mudem e nos estabilizarmos só naquilo que nos traz segurança e conforto, se torna ilusório, pois, até parados estamos em movimento;
Nossos pensamentos;
Nossas células;
Nosso sangue;
Coração;
Sistema nervoso;
Respiração,e,tudo o mais.
Vida é movimento!
Neste movimento nossa potencialidade pode emergir e se expressar.
Nossa Essência, Energia de Amor, tem oportunidade de expandi-lo e vivenciá-lo.
Os movimentos pendulares da Vida constituem um processo que oferece várias possibilidades para nos elevarmos em Consciência,através de aprendizados, descobertas e conhecimento.
Na existência humana.vemos muitos aspectos negativos se repetirem bloqueando e impedindo a expansão e a ampliação da Consciência do ser humano.
Mudaram os cenários, os personagens e a época,mas as disputas, as competições, as guerras, a desigualdade, o preconceito, a ganância, ainda se expressam na humanidade.
Ao percebermos que podemos nos observar no balanço da vida, compreenderemos melhor a Lei do Pêndulo e como ela age em nossa existência.
A reflexão e a percepção sobre nossas vivências nos leva a compreensão, contribuindo para lidarmos melhor com os extremos do movimento pendular, buscando a síntese e a harmonia entre as polaridades.
As Leis que regem a Natureza contribuem para a auto-regulação da Vida e nós, com o uso de nossa Consciência e a expressão do Amor, que somos, podemos usá-las à nosso favor.
Por Deise Aur
Ilustração:-Candice

Comentários