Os movimentos pendulares da Vida A Vida tem seus movimentos e nós através deles vamos nos reconhecendo através de nossas reações,escolhas e percepções, diante deles. Nestas situações podemos descobrir que não estamos prontos ou ,ao contrário, perceber que sim estamos preparados e fortes para o desafio apresentado. Têm momentos que só ficamos prontos encarando situações às quais ainda não estamos prontos. Por exemplo,em uma situação de sucesso ,se nos perdemos na vaidade e na arrogância ,através dos resultados poderemos descobrir aspectos desconhecidos de nós mesmo que não conhecíamos. Em contrapartida, quando experienciamos um fracasso, também, somos testados em nossa autoconfiança e persistência e, através dessa experiência, podemos descobrir, até que ponto ,confiamos em nós mesmos. Ou seja ,os movimentos pendulares da Vida são mecanismos para ,realmente,nos desenvolvermos ,descobrirmos e nos autoconhecermos. Estes movimentos que acontecem como o balançar do pêndulo,de um extremo à outro , nos dando a sensação de que têm momentos que tudo flui e outros não , acontecem, também, em âmbito coletivo,na História da Humanidade. Outro aspecto ,agora de uma forma mais abrangente,mas que afeta à cada indivíduo,tanto no passado,como no presente ou no futuro e determina o curso dos acontecimentos é como cada ser humano reage à esses acontecimentos e aos fatos vividos . Para ilustrar esses movimentos ao longo da vida humana em nosso planeta temos várias fases que podemos, de forma resumida, destacar algumas transformações,tais como: Na Pré-História,o poder e domínio estava baseado na capacidade estabelecer vínculos em núcleos familiares organizados, e que deram origem aos primeiros povoados,mas também ,às disputas pela posse de terras. Com a Idade Antiga o poder se manifestava na autoridade fundamentada na força de comandar e na coragem de lutar, originando à figura do rei com seu poder absoluto. Já na Idade Media ,o poder estava fundamentado na conquista de um espaço e, consequentemente, posse da terra ,na qual o proprietário ditava as regras. Na Idade Moderna, o poder estava relacionado com a capacidade de produzir e inovar em novas técnicas de trabalho e produção,surge de forma embrionário a classe empresarial. Em nossa fase atual ,o poder se expressa na capacidade de se comunicar e ,assim, convencer para alcançar objetivos e obter resultados,mesmo que sejam escusos.E,vemos isso acontecer,hoje em dia ,de várias formas. Cada um desses mecanismos de poder ,em determinada época, foi instrumento de conquista e poder .Porém,todos aqueles povos ou indivíduos que conquistaram o poder ,um dia,acabaram perdendo ,em consequência de se deixaram levar pelos extremos do movimento pendular da Vida. É,só atentar para o que aconteceu com as Grandes reis e civilizações ,que um dia imperaram e tiveram o poder.Ascensão e declínio; Vitória e derrota ; Sucesso e fracasso,e por aí ,vai... A História da Humanidade vai se repetindo ,mesmo mudando cenários e personagens,continuamos os mesmos de outrora disputando,com diferentes ferramentas de obtenção de poder, para não perder,o que já está perdido ,para tanta desigualdade , insegurança e competição. Bem ,enfim, toda mudança provocada pela mente humana,sempre vai de um extremo ao outro,pois esta sujeita ao movimento pendular ,que é nada mais do que uma Lei da Natureza. Um exemplo,bem emblemático de que o poder muda de mão, de acordo com a mecânica do pêndulo, é a Revolução Francesa.O "povo" (camponeses e burguesia ) se uniram para tirar do poder o rei ,que tinha o poder absoluto. Quando conseguiram o poder ,a luta se modificou e camponeses passaram a lutar contra a burguesia,que assumiram o poder político e passaram à só visarem seus interesses. Então ,conclusão,a Revolução Francesa ,não passou apenas de uma Revolução Burguesa ,na qual o jogo de interesses de uma classe se sobrepôs à busca pela justiça social .. Atualmente,várias pessoas estão despertando para a realidade dos extremos que o ser humano se coloca ao agir movido somente pela conquista de poder e superioridade montada em paradigmas de escassez,competição,egoísmo e status quo. Têm surgido movimentos individuais de práticas fundamentadas em economias solidárias,cooperativas e colaborativas. Também,ações e iniciativas que têm como base na igualdade e a sustentabilidade. A Conscientização é importante,pois,leva a reflexão.E a reflexão leva a percepção ,que leva a compreensão ,contribuindo para sairmos do movimento pendular e nos centrarmos com sabedoria no meio , sem ir de um extremo à outro,vivendo com mais equilíbrio e moderação. Dessa forma fluiremos com nossa Real Natureza,que não precisa provar nada à ninguém e ,simplesmente é, em sua pureza e liberdade .Porém com nossos condicionamentos materialistas ,se sente aprisionada e reprimida. Nos fim das contas os sistemas existem porque seguimos adormecidos alimentando os mesmos e sendo manipulados por sua engrenagem. Todos os processos que vivemos na Vida,é para nos revelar, que precisamos nos encontrarmos conosco ! Quando isso não acontece ,vem a Vida com seus fenômenos nos mostrar que nos afastamos de nós mesmos ! Toda mudança provocada pela mente humana,sempre vai de um extremo ao outro,pois está sujeita ao movimento pendular, que é nada mais que uma Lei da Natureza,para nos aperfeiçoarmos e nos revelarmos. Por Deise Aur


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sejamos como as crianças e os animais ! // Texto de Flavio Siqueira // Não seja agnóstico, nem ateu, nem cristão, nem budista, nem teísta, nem humanista, nem capitalista, nem comunista, nem nada que lhe roube a liberdade para crer, descrer, construir e, se for o caso, desconstruir. Ande com as próprias pernas ou quem sabe voe com suas próprias asas. Que a paz seja seu árbitro na caminhada e a consciência a estrada que lhe projeta sobre o caminho do entendimento e da liberdade. Sejamos como as crianças, os animais, os simples de coração. Eles não tem “ismos” nenhum, não defendem nenhuma tese, nem doutrinas, não se incluem em teoria alguma, no entanto seguem puros em sua ignorância iluminada, na paz de quem sabe, mesmo sem saber que sabe. Felizes, pacificados, alheios às nossas tolas filosofias e discussões, atentos em simplicidade ao que realmente importa. Sejamos livres ! - flaviosiqueira.com

INFINITA PRESENÇA