A Força que em nós habita. Muitas vezes paramos para nos perguntar por que viemos parar aqui neste planeta? Viver e passar por experiências,com momentos bons e outros ruins. Passamos à existência sem respostas. Choramos,sorrimos ; Sofremos,nos alegramos; Amamos,odiamos; Gritamos,silenciamos; Buscamos nos relacionar , ficamos sós; Oscilamos entre o bem e o mal ! Nos iludimos e desiludimos. Magoamos e somos magoados. Determinados momentos vivemos no paraíso ,outros no inferno. Nos revoltamos e nos pacificamos ! Mas,quem passa por tudo isso em nós ? Segue com nos dia e noite; Verão ,outono,inverno e primavera; Tempestade e bonanças; Vitórias e derrotas! Olhando cada passo,momento e transformação de nossas experiências ! Nos levantando das quedas ,nos ajudando à persistirmos diante dos fracassos! Mesmo em meio à todo esse turbilhão de ondas, vibrações, acontecimentos e movimentos,nos impulsionando à seguirmos em frente! Diante do desânimo e cansaço ,nos fortalecendo! Essa Força que habita em nós nos leva à seguir adiante ! Olha e testemunha vida e morte e todas as fases de nossa Vida . Observa o oculto aos nossos cinco sentidos. Enxerga beleza até no que é feio. Nos leva à sermos gratos por estarmos vivos,mesmo experienciado momentos de dor e sofrimento. Nos dá sentido à nossa existência. Sempre estará conosco,nos revelando que não precisamos ter medo! Pois ,estará em nós para onde formos,só precisamos confiar! Quem é este que através de nós vive a vida e Nele olhamos às experiências? A resposta está em cada um de nós . Vivamos,despertemos e se revelará ,pois viver é a resposta! Por Deise Aur


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sejamos como as crianças e os animais ! // Texto de Flavio Siqueira // Não seja agnóstico, nem ateu, nem cristão, nem budista, nem teísta, nem humanista, nem capitalista, nem comunista, nem nada que lhe roube a liberdade para crer, descrer, construir e, se for o caso, desconstruir. Ande com as próprias pernas ou quem sabe voe com suas próprias asas. Que a paz seja seu árbitro na caminhada e a consciência a estrada que lhe projeta sobre o caminho do entendimento e da liberdade. Sejamos como as crianças, os animais, os simples de coração. Eles não tem “ismos” nenhum, não defendem nenhuma tese, nem doutrinas, não se incluem em teoria alguma, no entanto seguem puros em sua ignorância iluminada, na paz de quem sabe, mesmo sem saber que sabe. Felizes, pacificados, alheios às nossas tolas filosofias e discussões, atentos em simplicidade ao que realmente importa. Sejamos livres ! - flaviosiqueira.com

INFINITA PRESENÇA