Eterno ir e vir !-Por Deise Aur.(A Vida nos fala ! ) A Vida ,por mais feliz ,segura e estável que seja, trará movimentos que provocarão muitas transformações em sua existência e você precisará se adaptar para crescer como ser humano e despertar como Espírito ! Distanciamentos vão existir,sejam em vida ou com a morte.Surgirá tristeza e saudades da separação ,mas também, com a vivência, o conforto de perceber que um novo ciclo começa em sua Vida e para aqueles que fizeram parte de sua existência ! E, com esse paradoxo,você precisa se situar,refletir e encontrar o equilíbrio ,se fortalecendo na conexão com sua Alma e com Deus, para perceber que mesmo nos momentos de separação física daqueles que amamos,não estamos separados e nem sós,pois ,na verdade ,a Força Divina nos impulsiona à seguir em frente , se expressando em nosso dia -à-dia ,através de sinais e sincronicidades, irradiando a Energia do Amor e nos direcionando à vivenciar à nossa Essência Divina , através das experiências com os Seres , com os quais nos envolvemos e relacionamos em nossa existência ! A Vida é um Eterno ir e vir ! Mas o Amor permanece e necessita se expandir! Por isso,a melhor forma de viver uma separação é cultivar a alegria em nosso coração,através da lembrança ,de todos os momentos que o Amor se expressou nessa convivência,com aqueles que se goram, e que na Alma se imortalizou,em nós !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sejamos como as crianças e os animais ! // Texto de Flavio Siqueira // Não seja agnóstico, nem ateu, nem cristão, nem budista, nem teísta, nem humanista, nem capitalista, nem comunista, nem nada que lhe roube a liberdade para crer, descrer, construir e, se for o caso, desconstruir. Ande com as próprias pernas ou quem sabe voe com suas próprias asas. Que a paz seja seu árbitro na caminhada e a consciência a estrada que lhe projeta sobre o caminho do entendimento e da liberdade. Sejamos como as crianças, os animais, os simples de coração. Eles não tem “ismos” nenhum, não defendem nenhuma tese, nem doutrinas, não se incluem em teoria alguma, no entanto seguem puros em sua ignorância iluminada, na paz de quem sabe, mesmo sem saber que sabe. Felizes, pacificados, alheios às nossas tolas filosofias e discussões, atentos em simplicidade ao que realmente importa. Sejamos livres ! - flaviosiqueira.com

INFINITA PRESENÇA