SE RENDA AO SEU MOMENTO E A TRANSFORMAÇÃO VIRÁ! Aceitar o seu momento como ele pode ser é paradoxalmente o que o levará a re-criá-lo, pois não se pode mudar absolutamente nada antes de estabelecer uma aliança pacífica com a forma que o seu momento assumiu. Aceitar não é a adoção de passividade perante a vida é uma postura ativa, pois desencadeia mudança. Conformismo é se eximir da responsabilidade de tomar uma atitude, quando a ação é possível. Entenda bem a diferença. É preciso ter muita paz de espírito para aceitar até mesmo coisas que você não será capaz de mudar, por serem muito pouco prováveis, apesar de serem possíveis. É bem provável que você não seja capaz, se tiver numa idade avançada, de ganhar uma corrida nos 100 metros rasos. É bem provável que você não seja capaz de mudar alguém, só por que acha que a pessoa deveria ser "assim" ou "assado". Mas tudo bem. Reconhecer a dinâmica da vida e das probabilidades é parte de um viver sábio. O pequenino eu rabugento em sua cabeça defende com "unhas e dentes" que tudo e todos devem ser o que ele espera só para ele ficar bem, pois ele é em sua essência um conglomerado de pensamentos que depende de mais pensamentos( conteúdo) para manter o seu falso senso de existência. Por isso quando algo fere sua expectativa ele se opõe a realidade e isso gera sofrimento. Desidentifique-se deste falso eu que não é você. É ele que se magoa, é ele que se sente incapaz, que sente medo, que é ciumento e que se revolta. Você é a consciência que neste momento está lendo este texto de forma lúcida e conseguindo visualizar a ilusão deste eu carente. Acolha o seu momento com respeito e compaixão por si mesmo, principalmente se a sua situação hoje for difícil, pois ela é um fruto da sua criação e pode ser revertida e recriada. Não se pode mudar algo sem antes aceitá-lo. Aceitar é alinhamento. Alinhamento abre o acesso ao campo das possibilidades. Este acesso atrai sincronicidades de novos eventos e soluções. O que posso lhe garantir é que tudo está bem em sua vida, pois tudo está lhe fazendo crescer. Pense nisso!!!. De Horácio Frazão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sejamos como as crianças e os animais ! // Texto de Flavio Siqueira // Não seja agnóstico, nem ateu, nem cristão, nem budista, nem teísta, nem humanista, nem capitalista, nem comunista, nem nada que lhe roube a liberdade para crer, descrer, construir e, se for o caso, desconstruir. Ande com as próprias pernas ou quem sabe voe com suas próprias asas. Que a paz seja seu árbitro na caminhada e a consciência a estrada que lhe projeta sobre o caminho do entendimento e da liberdade. Sejamos como as crianças, os animais, os simples de coração. Eles não tem “ismos” nenhum, não defendem nenhuma tese, nem doutrinas, não se incluem em teoria alguma, no entanto seguem puros em sua ignorância iluminada, na paz de quem sabe, mesmo sem saber que sabe. Felizes, pacificados, alheios às nossas tolas filosofias e discussões, atentos em simplicidade ao que realmente importa. Sejamos livres ! - flaviosiqueira.com

INFINITA PRESENÇA