Postagens

Mostrando postagens de Setembro 12, 2015

Quando você vive na completa aceitação do que é, põe fim a todo o drama na sua vida. Ninguém conseguirá sequer discutir consigo, por mais que tente. Não se pode discutir com uma pessoa plenamente consciente. Uma discussão implica identificação com a mente e com uma posição mental, assim como resistência e reação à posição da outra pessoa. O resultado é que as polaridades opostas fornecem energia uma à outra. São mecanismos da inconsciência. Você continuará a poder expor o seu ponto de vista clara e firmemente, mas por trás dele não haverá nem reação, nem defesa, nem ataque. Por isso não se transformará em drama. Quando você está plenamente consciente, deixa de estar em conflito. "Ninguém que seja uno consigo próprio poderá sequer conceber conflitos", como se afirma em A Course in Miracles. Isto diz respeito não só aos conflitos com os outros, mas sobretudo aos conflitos dentro de si, que cessam quando deixa de haver choque entre as exigências e as expetativas da sua mente e aquilo que é. Eckhart Tolle (O Poder do Agora, pág. 187)

Imagem

"Se você medita, cedo ou tarde vai chegar no amor. Se meditar profundamente, cedo ou tarde vai começar a sentir um tremendo amor nascendo em você, que nunca sentiu antes. Uma nova qualidade do seu ser, uma nova porta abrindo. Você se torna uma nova chama e então sente vontade de compartilhar. E o amor o aceita como você é, ele nada exige de você. Não diz: seja isso, seja aquilo. O amor simplesmente lhe diz para ser você mesmo, que você é bom assim como é, que você é belo assim como é." OSHO

Imagem